Frente Ovino é divulgada em seu lançamento

Frente Ovino

A cultura de ovinos e caprinos no agronegócio brasileiro tem muito a esperar com a criação da Frente Ovino. Diversos veículos de informação divulgaram o lançamento da Frente Parlamentar na 31º Feovelha em Pinheiro Machado. Confira abaixo algumas citação de matérias publicadas na internet:

 

A iniciativa é uma proposição do deputado federal, Giovani Cherini (PDT).
O parlamentar disse que a Frente pretende defender a criação de uma política nacional de incentivo, estimulando a pesquisa, a criação e o abate de ovinos e caprinos, e terá atuação no âmbito da Câmara dos Deputados e em todo o território nacional, com apoio de todos os partidos.

 

Arco Ovinos

O presidente da ARCO, Paulo Afonso Schwab, colocou a entidade à disposição da iniciativa, que segundo ele, é muito importante para alavancar o setor, e também convidou o deputado para participar, em março, de uma reunião em Brasília, na Câmara Setorial, para que os órgãos possam trocar informações.

Cherini disse que um dos objetivos de lançar a FrenteOvino, como também é chamada a iniciativa, durante a Feovelha, foi, justamente, compartilhar com os produtores e entidades a criação do órgão, e, sobretudo, ouvir contribuições que serão fundamentais para o desenvolvimento dos trabalhos da Frente.

 

Página Rural

Ontem (29), aconteceu na 31ª Feovelha, o lançamento da Frente Parlamentar Mista de Apoio à Ovinocaprinocultura, proposição do deputado federal, Giovani Cherini. O evento contou com a presença do presidente da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), Paulo Afonso Schwab, que também é presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Caprinos e Ovinos, do presidente do Sindicato Rural de Pinheiro Machado, Rossano Lazzarotto, de autoridades do município, bem como do Sebrae/RS, e Senar/RS, além de produtores, e representantes da indústria.

 

Jornal Tradição

Também será lançado durante a 31ª Feovelha uma Frente Parlamentar Mista de Apoio à Ovinocaprinocultura (Frente Ovino). A intenção é criar mecanismos de defesa de uma política nacional de incentivo, estimulando a pesquisa, criação e abate de ovinos e caprinos. A Frente Mista também propõe a defesa e ampliação do Programa Nacional de Melhoramento Genético e de ações de pesquisa e desenvolvimento visando tecnologias para produção de carne, leite, pele e lã de qualidade. A Frente Parlamentar Mista, que terá como coordenador o empresário Luiz Eduardo Batalha, também visa fortalecer o Programa Nacional de Sanidade dos Caprinos e Ovinos, pleitear redução da carga tributária ao longo da cadeia, além da reforma tributária, encaminhando as proposições de interesse da cadeia produtiva de caprinos e ovinos.

 

PDT na Câmara

Segundo Giovani Cherini, a ovinocaprinocultura tem se destacado no agronegócio brasileiro. O Brasil é o 18° no ranking mundial de exportações, com números que indicam cerca de 25 milhões de cabeças entre as duas categorias. “Como criador de ovinos, posso afirmar que esse setor possui enorme potencial e pode gerar mais de 120 mil empregos em todo o Brasil. Somente no Rio Grande do Sul, são quatro milhões de cabeças”, afirmou o parlamentar.